7 tendências para cabelos que você precisa saber

Shao Monteiro conta tudo que viu no Encontro Win 2019

Assim como na moda, a beleza passa por ciclos. A tendência de hoje tem grande chance de ter sido tendência há alguns anos… Até mesmo o corte pigmaleão, que todo mundo achou que tinha morrido nos anos 80, voltou com tudo no ano passado, só para citar um exemplo. E nesse vai e vem, perguntamos para Shao Monteiro o que ele viu de “novidade” no Encontro Win, evento que reúne cabeleireiros de todo o Brasil. Confira sete tendências capilares para 2020:

1. Os esfumados vão continuar. Essa busca por naturalidade continua em alta. 

2. A frente iluminada também vai continuar. 

3. Já o hair contour está perdendo força, mas ele também continua. 

4. A tendência, mais do que nunca, é por tons naturais. É cada vez mais importante respeitar a fisionomia da mulher. 

5. As cores estão um um pouco mais escuras. A mulher pode continuar loira, mas sem ser aquele “loirão”.

6. O platinado, inclusive, está em stand-by. Os cabelos mais claros não estão carregados de mechas, eles estão iluminados  em alguns pontos da cabeça. Nada de loiro global (naturalidade sempre!).   

7. Está cada vez mais evidente a importância do tratamento. Cabelo saudável é o mais bonito. A mulher de 2019 sabe que precisa cuidar dos fios. 

Sobre tratamentos, Shao comenta: “depois desse movimento de loiros e de muitas mechas, os cabelos estão estourados. Ninguém quer destruir um cabelo, todo mundo quer um cabelo bonito, por isso é muito importante conscientizar a cliente sobre a importância de tratar. É o momento de criar essa cultura. Cabe a nós, cabeleireiros, conscientizar nossas clientes. Estamos sendo reeducados para educar nossas clientes sobre a importância dos fios tratados”, conta Shao 

Além de se atualizar com o que está sendo feito no mundo da beleza, Shao participou de treinamentos de fotografia e de carreira. E voltou ainda mais inspirado! “Somos artistas e quando um artista passa por um movimento desse, a cliente pode esperar um cara mais inspirado, que é o que está acontecendo comigo nesse momento. A gente fica querendo colocar tudo em prática, fica com a criatividade lá em cima. Eu já venho nesse movimento de cabelos mais naturais, mais saudáveis… Essa é a  pegada que eu sempre quis e que eu desejo continuar implementando”, explica o profissional. “Não que eu não vá fazer o loirão ou atender a cliente que quer esse tom, mas deixarei bastante claro que um cabelo muito loiro, muito mechado, é um cabelo que precisa de muito mais cuidados”, finaliza o artista. 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *