Rick Faria entra para o time Majestic

Foto: Carla Barraqui

Rick Faria, 29 anos, sempre soube que seria cabeleireiro. Estava no DNA! Começou aos 16, fazendo o cabelo das amigas sob a supervisão da mãe, que também é cabeleireira. “Antes de fazer cursos, tive a vivência de salão pra saber se era realmente isso que eu queria para o meu futuro. Com o passar do tempo fiz especializações e sempre estudei com as grandes marcas da nossa indústria (Alfaparf – L’oréal – Redken – Wella – Keune – Pivot Point)”, conta.

A primeira virada de sua carreira, segundo ele, foi quando decidiu morar fora do Brasil.

“Passei por várias cidades, onde pude aprender e respeitar as diferenças de estilo e personalidade de cada pessoa”, lembra.

“A segunda virada aconteceu quando busquei uma oportunidade de trabalho na equipe do Anderson Couto. Mesmo depois de ter vivido uma experiência internacional, aceitei as condições de ser um auxiliar pra viver uma escola por três meses. O Anderson sempre me fez enxergar todos as possibilidades para alcançar um bom resultado com êxito e humildade”, completa.

O estilo de Rick foi mudando com o tempo. Fã do clássico, do glamouroso e dos “padrões formais de beleza”, o profissional se reinventou com a experiência lá fora. “Aprendi a desconstruir essa imagem e me adaptar às particularidades apresentadas. Hoje, vivendo no Rio, tenho como referência a vida praiana dos cariocas”, diz. Inclusive, é para a praia que ele sempre vai quando pode. É um dos seus hobbies preferidos, juntamente com atividade física,

As clientes de Rick podem esperar um cabelo saudável, uma excelente conversa e as melhores dicas para cuidar dos cabelos no dia a dia. “Respeitar a saúde e a forma original do cabelo é o meu diferencial. Existem muitas técnicas e procedimentos que podem preservar a naturalidade de cada pessoa”, finaliza.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *