Patricia Rodrigues entra para o time Majestic

 

Foto: Carla Barraqui

As Barbies tinham os cabelos cortados e pintados (com batom!). Mal sabia que a diversão da infância ia virar profissão. Patrícia Rodrigues até pensou em ser advogada, mas o talento falou mais alto. O empurrãozinho foi quando tinha 15 anos e resolveu ajudar em um salão na época de Natal. Era assiste de lavatório. No ano seguinte (aos 16!) entrou para uma escola técnica. Com três meses, já pagava a mensalidade com o dinheiro que ganhava aplicando na prática tudo que aprendia no curso. Montou um salão em casa que funcionou por um ano mais ou menos. Foi aí que surgiu a indicação para entrar na equipe de Anderson Couto, aos 18. Começou como assistente e foi trilhando o caminho até que passou a ser colorista da equipe do cabeleireiro. Foram quatro anos, os últimos como braço direito de Anderson. A confiança é tanta, que apesar de ter se assumido como carreira solo, ela continua trabalhando com ele nos workshops e outros projetos.

 

  

“Aprendi muito com o Anderson. Além dos ensinamentos para a a carreira – técnicas de coloração, ver o que é melhor para a pessoa e entrar em consenso com ela e até a maneira de falar com uma cliente – , tem coisas que trouxe para a vida. Ele me ensinou a sair da zona de conforto, a não me limitar e sempre buscar coisas novas”, conta. Outra especialidade que adquiriu nessa época foi com ondas. Patrícia é considerada a Rainha do Baby.

 

Para acompanhar o trabalho de Patricia Rodrigues, siga #patriciarodriguesmajestic no Instagram.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *